menteflutuante

Posts Tagged ‘Rede Social

 

Rede Social é algo novo que está entrando no mundo corporativo, por isso, algumas empresas sentem dificuldade em partir para essa área, por não saber como agir ou até mesmo por ter dificuldade em saber como contratar um profissional e qual o valor do seu salário.

Devemos lembrar que Rede Social são pessoas e Mídia Social é o conteúdo gerado por essas pessoas.

Por se tratar de um tema novo, há poucas pessoas especializadas. Até mesmo na grade curricular dos cursos de comunicação, este ainda não é um tema presente. Por isso, muitas empresas estão em busca de jovens, que sejam espertos, que saibam se comunicar, que escrevam bem e que utilizam essas redes diariamente.

Mas estar presente nas redes sociais, não significa que estas empresas estão fazendo alguma coisa. É preciso mais que isso, é preciso estar atenta ao que o consumidor fala sobre a marca e aproveitar as oportunidades para ganhar uma vantagem competitiva em relação ao concorrente.

Para essas empresas, é importante destacar:

  • Quem não está nas redes sociais, não está “antenado”;
  • As pessoas se preocupam mais com o status de quantidade de amigos ou seguidores do que com a qualidade;
  • As pessoas precisam saber transformar a informação em conhecimento, para isso, é preciso gerar informação com conteúdo relevante;
  • Empresas sérias precisam ser tornar mais simpáticas, ter humor e serem humildes;
  • As empresas não podem ter medo, isso faz com que elas fiquem distante dos consumidores;
  • As marcas precisam ser ousadas;
  • Antes de entrar nas redes sociais é preciso fazer um plano de comunicação. O importante não é só estar na rede é preciso saber gerar valor para a marca;
  • Números não são tão importantes, quanto o retorno do público;
  • Estratégia para sua marca – é preciso saber:
    o Objetivo
    o Em que rede irá atuar
    o Com qual freqüência
    o Mensagem
    o Definir quem fará o quê

Bem, agora todos já sabemos. Rede Social é a tendência, não há como escapar, mas também não as use de qualquer jeito. Saiba como atuar e mais, saiba qual o seu objetivo e o que você quer atingir com essas redes.

Anúncios

Desde 1990, temos observado uma grande mudança comportamental na sociedade mundial e o principal fator é a internet.

Bem, me sinto honrada, pois nasci justamente quando tudo começou e tenho acompanhado essa evolução tecnológica.

Podemos dizer que as redes sociais foram às ferramentas que deram um “Boom” na internet, elas conseguiram transformar o comportamento de muitas pessoas, principalmente da famosa “Geração Y” (tema a ser comentado em um próximo post), uma geração disposta, que faz muitas atividades simultaneamente é exigente e participativa.

Com as redes sociais as pessoas se tornaram mais atuantes e livres, pois descobriram um espaço para dar opiniões e falar de suas vidas livremente.

Orkut, Blog, Twitter, Facebook, MSN, Flickr, Myspace, Delicius, Youtube… são as redes sociais de massa, no qual todos estão, falam, conhecem e participam.  Mas podemos ir mais além, hoje estamos vivendo um mercado segmentado com produtos personalizados e as redes sociais não ficariam fora dessa.  Já temos o SKOOB, específico para pessoas que gostam de leitura; o Beautifulpeople no qual apenas pessoas bonitas são aceitas para participar da rede e os feios são excluídos… Opções é o que não falta, temos redes sociais para todos os tipos de pessoas.

Essas novas redes permitiram um novo jeito de se comunicar, pessoas conversam simultaneamente sobre diversos assuntos, trocam ideias, expõem gostos e opiniões, divulgam e geram o seu próprio conteúdo.

Antigamente, éramos apenas receptores, recebíamos a informação e o máximo que podíamos fazer era divulgar de boca em boca. Hoje é permitida uma “viralização”, podemos gerar nossa própria informação e divulgar todas as outras nas mais variadas ferramentas.

Na verdade, sempre nos comunicamos. Desde o tempo das cavernas os homens já utilizam a pintura rupestre como uma forma de expressão para comunicar-se com os outros, com o tempo ainda tivemos comunicação por fumaça, pombo-correio, carta, telégrafo… Enfim, nos comunicamos sempre, mas de formas diferentes, é uma questão de adaptação.